Em meio à pandemia do coronavírus, que tem afetado diversos segmentos, o agronegócio mostrou porque é o motor da economia brasileira. Em maio, as exportações do setor somaram US$ 10,9 bilhões, um recorde que respondeu por 60,9% do total exportado pelo Brasil. Os dados são da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

soja 300x189 - Agro mantém força com exportação recorde que soma US$ 10,9 bilhões em maio
A soja foi o principal produto exportado

Segundo o Boletim da Balança do Agronegócio do Mapa, no mesmo período as importações de produtos da cadeia do agro diminuíram 29,3%, no total de US$ 835,78 milhões. Com isso, o saldo da balança somou US$ 10 bilhões.

Para o vice-presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado federal Sérgio Souza (MDB-PR), os números refletem os esforços que têm sido feitos para abrir novos mercados aos produtos brasileiros. “A soja brasileira responde por boa parte das exportações, mas temos de lembrar do trabalho feito pela ministra Tereza Cristina (Agricultura) com o apoio dos parlamentares que têm compromisso com o produtor rural. Estive na China com a ministra e pude ver o quanto nossos produtos ainda podem conquistar novos mercados”, lembrou.

Os dados divulgados pelo Mapa comprovam a importância da China como parceiro comercial. O mercado chinês comprou 44,9% do total exportado pelo agro brasileiro. Entre os produtos mais adquiridos estão soja, carnes (bovina, suína e de aves), açúcar e celulose.

Com informações do Mapa.

Cadastre-se aqui

0 0 votes
Article Rating
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x