Esta quinta-feira, 27 de maio, se tornou um dia histórico para o agronegócio do Paraná: o estado conquistou a certificação de área livre de febre aftosa sem vacinação. O novo status sanitário foi confirmado pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), durante cerimônia da 88ª Sessão Geral da Assembleia Mundial dos Delegados da entidade, na França. Para anunciar oficialmente a novidade ao Paraná e outros 5 estados que foram certificados, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento realizou evento virtual, também nessa quinta. Um dos convidados foi o deputado federal Sérgio Souza (MDB-PR), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária.

“A importância dessa conquista é enorme. Nós ganhamos mercado, porque é sinal de que temos sanidade, que o Brasil é responsável, e que nós produzimos com qualidade. Nós estamos entregando ao mundo, hoje, que o Brasil é um país que merece confiança”, afirmou o federal do Paraná (foto abaixo) – Confira, abaixo, vídeo com o discurso de Sérgio Souza.

Febre Aftosa OIE

Mapa Febre Aftosa OIE 300x158 - Febre aftosa: Sérgio Souza participa de evento que anuncia certificação da OIE ao Paraná
Reprodução da Internet

O Paraná obteve o reconhecimento nacional do Mapa em agosto do ano passado e aguardava pela validação da OIE, que também reconheceu os pleitos do Rio Grande do Sul e do Bloco I (Acre, Rondônia e parte do Amazonas e do Mato Grosso). Além da aftosa, a entidade deu a chancela ao Paraná de zona livre de peste suína clássica independente. Quem também participou do evento virtual do ministério foi o governador Ratinho Júnior. Ele destacou que o trabalho no estado para combater a febre aftosa começou em 1958.

“O Paraná lutava há décadas por essa chancela, que vai mudar o patamar de produção da pecuária, que já é bastante forte. Com o apoio das entidades do setor produtivo, organizamos toda a estrutura de sanidade animal e fizemos a lição de casa. Nossos rebanhos já não são mais vacinados e há anos o vírus não circula mais no estado. Esse reconhecimento vai ajudar a abrir mercado para a carne produzida no Paraná, ampliando os investimentos, que vão gerar mais emprego e renda para a população”, declarou.

Informações complementares no link – https://bit.ly/3fN4IOF

Fotos de evento presencial, alusivo à certificação, realizado no Palácio Iguaçu, no link – https://flic.kr/s/aHsmVNwTEC

Vídeo de evento presencial, alusivo à certificação, realizado no Palácio Iguaçu, no link – https://www.youtube.com/watch?v=kE_kiRvLl6k

Cadastre-se aqui

0 0 votes
Article Rating
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x