A criação do corredor rodoviário que ligará São Paulo a Santa Catarina, cortando o Paraná, avançou mais um passo nesta quarta-feira (18/09). A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou o PL 8804/2017, de autoria do deputado federal Sérgio Souza (MDB-PR), que prevê as alterações necessárias no Plano Nacional de Viação para que o tão esperado trecho saia do papel.

Conheça o PL 8804/2017.

De acordo com Sérgio Souza, a federalização das rodovias que pertencerão ao novo corredor possibilitará melhorias importantes como, por exemplo, a construção de pista dupla e acostamentos, aumentando os acessos a estas estradas. “Com uma malha rodoviária mais bem cuidada, teremos um escoamento de produção menos oneroso ao setor produtivo, que gera emprego e renda. O custo de produção cairá, possibilitando uma economia mais pujante e com mais oportunidades na região”, defendeu.

Arte/Gabinete
Novo corredor ligará São Paulo a Santa Catarina

O novo corredor rodoviário passará pelos municípios de Sertanópolis, Mauá da Serra, Faxinal, Cruzmaltina, Lidianópolis, Jardim Alegre, Ivaiporã, Manoel Ribas, Pitanga, Turvo, Guarapuava, Pato Branco, entre outros.

Eixo de Integração

O corredor rodoviário proposto por Sérgio Souza servirá, ainda, de eixo de integração dentro do Paraná. Cruzar o Paraná de Norte a Sul, hoje, é uma tarefa que requer atenção. De acordo com Sérgio Souza, as mudanças facilitarão o tráfego de automóveis. “Além da produção agrícola, com destaque para as explorações de milho e soja e ainda as indústrias têxtis, química, sucroalcooleira, moveleira e de madeira, o cidadão também será beneficiado, uma vez que poderá se locomover de forma mais segura e em menor tempo pelo Estado”.

A proposta do deputado Sérgio Souza segue, agora, para apreciação do Senado Federal.

Veja reportagem

Cadastre-se aqui



Gostou deste conteúdo? Faça um comentário!

avatar