Sergio Souza Comenda123 1140x570 2 300x150 - Personalidades de destaque no setor agropecuário são homenageadas pela OAB

A Ordem dos Advogados do Brasil, seção de Minas Gerais, em cerimônia virtual, na noite da última quarta-feira (14), fez a entrega simbólica da Comenda e Grande Colar Digital Nacional Ministro Alysson Paolinelli às principais figuras nacionais do setor de produção de alimentos.

Além do deputado federal Sérgio Souza (MDB-PR), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), o deputado federal Arnaldo Jardim (CD-SP) e a ministra Tereza Cristiana, atual chefe da pasta de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, foram alguns dos homenageados da noite.

O deputado Sérgio Souza agradeceu a homenagem e se disse honrado por ser lembrado em meio a figuras tão emblemáticas para o setor. “É gratificante fazer parte de um grupo tão seleto de agraciados, pois nosso objetivo é proporcionar o desenvolvimento do país, com a força do agro. O prêmio é um reflexo de como o agronegócio tem se fortalecido com o passar dos anos”, disse o presidente da FPA.

O ex-ministro da Agricultura, Alysson Paolinelli, que dá nome à Comenda entregue na solenidade, foi homenageado com o Grande Colar pelos serviços prestados que transformaram o Brasil em potência do agronegócio. Paolinelli, que foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz 2021, teve suas contribuições rememoradas e suas ações enaltecidas pelo presidente do Senado Federal, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) e pelo governador de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO), conterrâneos de Alysson.

RODRIGO PACHECO 2020 0231.jpg 750x375 - Personalidades de destaque no setor agropecuário são homenageadas pela OAB

Para o senador Rodrigo Pacheco, o ex-ministro da Agricultura “é uma grande figura pública que marcou Minas Gerais e o Brasil, além de um entusiasta da Embrapa, que fez excelente serviço na agropecuária brasileira”. Na visão do parlamentar, a homenagem é um reconhecimento da longa vida pública marcada por inúmeras realizações. “A indicação para o Prêmio Nobel já é uma vitória de todo o Brasil por ter esse grande brasileiro na lista de indicados. O parlamento reconhece esse grande mineiro”, completou.

A mudança de status do agro, na visão do próprio Paolinelli, se deu pela tecnologia e inovação no cerrado brasileiro. “Ninguém queria saber do Cerrado, mas a tecnologia brasileira criou opções de domar o bioma e o transformou em área produtiva”, disse. Alysson relembra que a partir do momento que a Ciência se tornou a base para as pesquisas, o Brasil se tornou autossuficiente. “A ciência reconhece os limites de uso do bioma, se a área pode ou não ser mexida. Vai ser sem dúvida a grande solução para evitar a fome no mundo, como foi para o desenvolvimento do nosso país”, emendou.

Além da tecnologia, que o ex-ministro Paolinelli julga ser indispensável para o crescimento da nação, Alysson aposta na segurança alimentar e na sustentabilidade como a base do futuro da humanidade. “Nos últimos 40 anos o Brasil promoveu o desenvolvimento sustentável nas Américas e está pronto para fazer isso no resto do mundo”, finalizou.

A cerimônia de entrega do Prêmio Nobel acontece anualmente, no dia 10 de dezembro, em Estocolmo (Suécia) e Oslo (Noruega).

Cadastre-se aqui

0 0 votes
Article Rating
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x